Conceito Montessoriano: Um quarto para crianças, não para adultos

Desenvolvido pela médica e educadora italiana Maria Montessori, o método Montessoriano tem como objetivo ensinar as crianças através da autoeducação, defendendo que a criança deve tornar-se capaz de aprender sozinha mediante as suas próprias experiências. São cada vez mais os pais que optam por incluir estes ensinamentos Montessorianos nas suas rotinas em casa e que utilizam este método na educação dos seus filhos.

É essencial que a casa e, sobretudo, o quarto sejam decorados de modo a estimular a autonomia, independência e o desenvolvimento das crianças, para que se sintam livres para explorarem o espaço, objetos e brincadeiras a partir da sua curiosidade natural.

Hoje, separámos algumas características para que possa identificar o conceito Montessoriano e inseri-lo na sua casa.

Conceito Montessoriano: Um quarto para crianças, não para adultosConceito Montessoriano: Um quarto para crianças, não para adultos

As características de um quarto Montessoriano

Imagine como seria a experiência de viver num quarto feito para gigantes – pouco agradável, certamente. Contudo, é assim que os bebés e crianças se sentem ao viver em quartos preparados para adultos. Móveis altos e camas com grades resultam num desejo de fuga dos mais pequenos.

Para ganhar autonomia e independência dentro de um ambiente seguro e confortável, sem alimentar o desejo de fuga, o objetivo do conceito Montessoriano consiste na preparação de um quarto adaptado para bebés e crianças, sobretudo através do estímulo sensorial.

 

Cama no chão

O principal item na elaboração de um quarto Montessoriano é a cama baixa ou o colchão no chão. Tal incentiva a autonomia das crianças para subirem, descerem, deitarem-se e levantarem-se da cama sem a necessidade da interferência de um adulto.

Móveis adaptados

A adaptação dos móveis posicionados à altura das crianças permite a criação de um espaço favorável ao seu desenvolvimento, para que se sintam mais livres e independentes.

Cores, estampados e texturas

A inclusão de cores, estampados e diferentes texturas são os itens ideais para uma maior experiência sensorial no espaço. As cores despertam nas crianças uma aprendizagem das diferentes nuances, enquanto os tapetes são ótimas opções para, por exemplo, delimitar o espaço das brincadeiras.

Brinquedos

A disposição dos brinquedos no quarto deve ser feita de modo que as crianças possam pegar neles sem a ajuda de nenhum adulto. Para isso, é importante colocá-los à altura dos olhos ou organizados em caixas.

Se a criança tiver muitos brinquedos, uma boa sugestão para os pais seria fazer a sua rotatividade, para estimular novos interesses e despertar o sentimento de novidade.

Espelhos

Os espelhos são usados para possibilitar que a criança se possa reconhecer. No entanto, tome cuidado com a montagem do espelho, o ideal é que este esteja preso em MDF ou madeira e seja colado na parede com fita cola dupla, para evitar que se magoem em caso de quebra.

Segurança

A segurança é um item necessário em todas as casas onde vivam crianças, principalmente quando a disposição dos móveis e objetos é pensada no seu livre acesso. Assim, garanta que as tomadas estão escondidas ou protegidas para evitar um acidente com a rede elétrica.

Também é importante pensar nos móveis a comprar, evitando a escolha de mobília com acabamentos pontiagudos que possam magoar os mais novos. Nas paredes, evite os pregos e opte pela utilização de fita cola dupla para impedir acidentes.

Crie um espaço de livre circulação para a criança e sem preocupações com a inclusão de redes de proteção nas janelas e nas saídas das divisões.

 

Agora que já sabe identificar o conceito Montessoriano, conheça uma seleção de produtos que separámos para preparar o quarto para crianças, não para adultos!


Produtos